PARALIZAÇÃO

Instituições de ensino paralisam atividades para protestos contra bloqueio de verbas do MEC

Atividades são paralisadas durante o dia e estudantes, professores e servidores participam de protestos.

Instituições de ensino paralisam atividades para protestos contra bloqueio de verbas do MEC
Foto: Reprodução

Em protesto contra o contingenciamento de verbas da educação, anunciado pelo MEC, instituições públicas de ensino básico, fundamental, médio e superior suspendem as atividades nesta quarta-feira (15), na Paraíba. Paralisação deve ocorrer em todo o país.

Um protesto em João Pessoa se concentra às 9h em frente ao Lyceu Paraibano. De lá, os manifestantes devem sair em passeata pelo Centro da cidade. Um ato público na Praça Presidente João Pessoa, conhecida também como Praça dos Três Poderes, está marcado para as 14h.

Em Campina Grande, a concentração do ato acontece às 7h, em frente ao portão principal da UFCG e às 9h em frente a sede do SINTESPB/UEPB. Em seguida, acontece uma caminhada pelo Centro da cidade.

UFPB

De acordo com a Associação de Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB) e Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior do Estado da Paraíba (SINTESPB), a Universidade Federal da Paraíba irá parar as atividades. Do campus I ao IV, apenas o II e III, Areia e Bananeiras respectivamente, estão em período letivo.

UFCG

Os professores e servidores da Universidade Federal de Campina Grande também participarão da paralisação, segundo Associação dos Docentes (ADUFCG) e Sindicato dos Servidores da UFCG (SINTESUF/INTERPB). Às 7h haverá um café da manhã no portão principal da universidade, seguido de uma marcha até o centro de Campina Grande, onde se encontrarão com outras entidades estudantis.

UEPB

Os técnicos administrativos, professores e alunos da UEPB também participarão da paralisação. Além disso, de acordo com a SINTESPB/UEPB, haverá uma caminhada em Campina Grande: os membros da instituição se concentrarão será às 9h em frente a sede do SINTESPB/UEPB que fica na Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade.

IFPB

A paralisação foi confirmada pela coordenação do Sindicato dos Trabalhadores Federais na Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Paraíba (SINTEFPB). Porém, não foi informado quantos campi devem aderir (dos 21 que existem do IFPB no estado). O sindicato informou que nos campi de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cabedelo, Monteiro, Cajazeiras e Sousa foi confirmada a adesão total ou parcial ao movimento.

Escolas estaduais e municipais

As escolas municipais, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa, também não terão aulas nesta quarta-feira (15). Também vão paralisar atividades as escolas estaduais de todo o estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (SINTEP-PB). No entanto, conforme o secretário de estado da educação, haverá aula normal e as escolas que forem participar do ato devem repor o dia letivo.

Em Campina Grande, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Município, a paralisação fica a critério das escolas, algumas escolas e creches já informaram que vão parar e outras que haverá aula normalmente.

Outras Notícias

Escândalo na Igreja Católica: Procurador pede esclarecimento sobre morte de testemunha
Preocupado, Lula diz que Bolsonaro foi eleito para 'destruir' o PT
06/01/2019 15:21
Política

Preocupado, Lula diz que Bolsonaro foi eleito para 'destruir' o PT

O ex-presidente Lula demonstrou estar muito preocupado com o futuro do Partido dos Trabalhadores após a eleição do candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

Leia mais

Comentários