SARAMPO

João Pessoa tem três casos confirmados de sarampo, diz Secretaria de Saúde

Pacientes são adultos entre 20 e 40 anos; esses são os primeiros casos confirmados no estado, segundo Secretaria de Estado da Saúde.

João Pessoa tem três casos confirmados de sarampo, diz Secretaria de Saúde

Três casos de sarampo foram confirmados em João Pessoa, conforme divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nesta quinta-feira (12). A Secretaria de Estado da Saúde informou que esses são os primeiros registros confirmados da doença no estado este ano. Em todo o país, até o dia 4 deste mês, segundo o Ministério da Saúde, 2.753 casos haviam sido contabilizados desde junho, quando um novo surto da doença teve início.

De acordo com a SMS, as três pessoas com casos confirmados da doença são adultos com idades entre 20 e 40 anos. Os sintomas iniciais apareceram na primeira quinzena do mês de agosto e os procedimentos necessários foram realizados.

A Secretaria declarou que foi feita a coleta de material biológico e as pessoas com quem os pacientes tiveram contato foram imunizadas. Até esta quinta, 35 casos da doença foram notificados na capital paraibana, sendo nove descartados e 23 que ainda estão sob investigação. Em toda a Paraíba, até o dia 4 deste mês, 54 casos suspeitos estavam sendo investigados.

O secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, afirmou que estratégias de combate a doenças como o sarampo são constantes na rede municipal. Ele também comentou que o monitoramento e a vigilância da doença permanecem intensos, com uma articulação entre as diferentes unidades de saúde

 

Vacina

A vacina tríplice viral - que protege contra sarampo, caxumba e rubéola - é ofertada nas salas de vacinação distribuídas entre as Unidades de Saúde da Família (USF), as policlínicas municipais e o Centro Municipal de Imunização. Segundo a Prefeitura, a dose é direcionada para crianças de seis meses de vida até adultos de 49 anos de idade.

As crianças de seis meses devem tomar a chamada “dose zero”. A vacina deve ser ministrada em duas doses a partir de um ano de idade até 29 anos, 11 meses e 29 dias de vida do cidadão, respeitando o intervalo das doses do calendário vacinal. Caso a pessoa comprove as duas doses, não é necessário tomar nenhuma a mais, já sendo considerada imunizada.

Já para adultos com idade de 30 a 49 anos, 11 meses e 29 dias, basta uma dose da vacina para que seja considerado imunizado. Os profissionais da área de saúde, independentemente da idade, devem tomar duas doses. Caso comprove que tomou as duas doses, não é necessária nenhuma outra.

Outras Notícias

Trabalhadores de canteiro de obras são vítimas de arrastão em João Pessoa
06/02/2019 09:57
Cidades

Trabalhadores de canteiro de obras são vítimas de arrastão em João Pessoa

Trabalhadores de um canteiro de obras foram vítimas de um arrastão na madrugada desta quarta-feira (6), em João Pessoa. Segundo as vítimas, dois homens armados invadiram a área em construção no...

Leia mais
Servidores da PMJP têm até o dia 26 para abrir conta no banco Bradesco
21/01/2019 12:10
Cidades

Servidores da PMJP têm até o dia 26 para abrir conta no banco Bradesco

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) alerta, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Sead), que o prazo para os servidores abrirem a conta no banco Bradesco termina no próximo...

Leia mais

Comentários