DEVOLUÇÃO

Messi terá que devolver carro de R$ 450 mil após romper com Audi

O jogador terá que devolver o carro de luxo por conta do rompimento do Barcelona com a Audi.

Messi terá que devolver carro de R$ 450 mil após romper com Audi

O fim da parceria do Barcelona com a Audi fará Lionel Messi perder um carro. Com a obrigação de os jogadores terem que devolver os veículos que ganharam da patrocinadora, o argentino terá que se desfazer da versão esportiva do Audi Q7, escolhido por ele em evento da patrocinadora em março.

Na ocasião, todos os jogadores do Barcelona foram agraciados com um carro da Audi a sua escolha. Messi, Luis Suárez e Gerard Piqué optaram pelo modelo avaliado em R$ 450 mil na tabela Fipe.

No mesmo evento, Philippe Coutinho, Ivan Rakitic, Malcom e Kevin-Prince Boateng optaram pelo Audi Q8, avaliado em mais de R$ 350 mil.

O acordo entre Audi e Barcelona foi encerrado no último dia 30 de junho. Pelo termo, os jogadores recebiam um carro novo todo ano e tinham que chegar e sair do Centro de Treinamento com ele. Muitas vezes, no entanto, atletas eram flagrados com veículos de outras montadoras.

De acordo com o jornal "AS", os atletas e o técnico Ernesto Valverde têm o retorno a Barcelona como período limite para devolverem os carros à Audi. Caso optem por continuar com os veículos, eles terão que comprá-los da montadora, por um preço considerado "amigável".

Especula-se na imprensa espanhola que o Barcelona negocie atualmente com a marca de carros esportivos Cupra como substituta da Audi entre os patrocinadores do clube.

Outras Notícias

Procuradores-Gerais emitem nota de repúdio contra comemorações do golpes de 64
29/03/2019 10:10
Cidades

Procuradores-Gerais emitem nota de repúdio contra comemorações do golpes de 64

A nota é subscrita pelos chefes do Ministério Público do país, dentre eles a procurador-geral de Justiça da Paraíba, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho.

Leia mais
Deputado paraibano contraria partido na votação da Previdência
11/07/2019 18:54
Política

Deputado paraibano contraria partido na votação da Previdência

A bancada do PRB orientou voto a favor da reforma, e o parlamentar votou contra. Outros parlamentares que também votaram contra a orientação de suas respectivas bancadas.

Leia mais

Comentários