POLÍTICA

MP investiga suposto direcionamento de licitação em favor de esposa de assessor da Câmara de Patos

Em dois anos, empresa pertencente à esposa do assessor recebeu R$ 67 mil da Câmara Municipal.

MP investiga suposto direcionamento de licitação em favor de esposa de assessor da Câmara de Patos
Foto: Reprodução

A 4ª Promotoria de Patos instaurou inquérito civil para apurar possível direcionamento de pregão presencial realizado em 2017 pela Câmara Municipal de Patos, para que a empresa Nahara de Medeiros Cabral-ME, fosse vencedora do certame. O caso chamou a atenção do Ministério Público porque a empresa pertence à esposa ou companheira de Jadson Gablo da Silva, que, na época dos fatos, exercia o cargo de assessor técnico da Câmara Municipal de Patos.

A empresa, que tem o CNPJ Nº 19.549.873/0001-86, contratada sem, recebeu da Câmara, em 2017, 2018 e 2019, mais de R$ 77 mil. De acordo com o Sagres, os valores são destinados ao pagamento de serviços de assessoria e consultoria pública em licitações de todas as modalidades e contratos administrativos, pertencentes a Câmara Municipal de Patos.

O inquérito foi instaurado ontem (26) pelo promotor de justiça Elmar Thiago Pereira de Alencar. 

A empresa também tem contratos em vários outros municípios e recebeu mais de R$ 389 mil nos últimos dois anos. Mas o inquérito se refere somente à Câmara de Patos.

Valores recebidos da Câmara de Patos:

  • 2019 (até abril)

R$ 10.800,00

  • 2018

R$ 37.600,00

  • 2017

R$ 30.000,00

Outras Notícias

Índios fecham acesso entre João Pessoa e Natal em protesto
27/03/2019 13:33
Cidades

Índios fecham acesso entre João Pessoa e Natal em protesto

Só neste ano, este é o terceiro protesto dos índios contra a municipalização da saúde indígena

Leia mais
Operação interdita quatro postos de combustíveis por irregularidades nas bombas de GNV
13/05/2019 10:20
Cidades

Operação interdita quatro postos de combustíveis por irregularidades nas bombas de GNV

Uma operação conjunta que fiscalizou 17 postos de combustíveis em várias cidades da Paraíba nesta semana terminou com a interdição de quatro estabelecimentos após identificar irregularidades nas...

Leia mais

Comentários