Paciente em coma há 14 anos dá à luz; polícia investiga estupro

Uma mulher internada em coma há 14 anos numa unidade de saúde na cidade de Phoenix, no Arizona, nos Estados Unidos, deu à luz em 29 de dezembro. A polícia iniciou uma investigação sobre o caso de estupro.

Paciente em coma há 14 anos dá à luz; polícia investiga estupro
DR

Uma mulher internada em coma há 14 anos numa unidade de saúde na cidade de Phoenix, no Arizona, nos Estados Unidos, deu à luz em 29 de dezembro. A polícia iniciou uma investigação sobre o caso de estupro. 

Funcionários da Hacienda HealthCare, a instituição em causa, disseram que a paciente necessitava de atendimento 24 horas por dia. Por estar em coma, não tinha qualquer chance de se defender, e muitas pessoas tinham acesso ao quarto.

Uma fonte familiar indicou à imprensa que “nenhum colaborador sabia que ela estava grávida até quase o término da gravidez”. “Aquilo que me disseram é que ela estava gemendo. E ninguém sabia o que se passava com ela. Havia uma enfermeira que estava lá, e pelo que eu ouvi ela que trabalhou no parto”, disse a mesma fonte.

A instituição recusou fazer comentários sobre o caso, justificando que violaria o sigilo com a paciente. Notícias ao Minuto

Tags:

Outras Notícias

Mãe mata filho recém-nascido afogado em represa
10/01/2019 10:50
Cidades

Mãe mata filho recém-nascido afogado em represa

Uma vendedora de 25 anos foi presa em Itaquiraí, a 395 km de Campo Grande, após confessar ter afogado o próprio filho em uma represa do município. A mulher foi localizada após três semanas de...

Leia mais
Ricardo Coutinho toma posse como presidente de fundação João Mangabeira
16/01/2019 07:46
Política

Ricardo Coutinho toma posse como presidente de fundação João Mangabeira

Agora ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho assume nesta quarta-feira (16) a presidência da Fundação João Mangabeira (FJM), em cerimônia que acontece em Brasília, a partir das 10h (horário de...

Leia mais

Comentários