No Cecapro

Prefeitura de João Pessoa oferece curso de informática para servidores da Educação

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio do Departamento de Formação Continuada, está com as inscrições abertas, até o dia 31 de janeiro, para o curso de Redes de Computadores que está sendo oferecido pelo Centro de Formação de Professores (Cecapro). O curso é grátis e tem duração de 80 horas.

Prefeitura de João Pessoa oferece curso de informática para servidores da Educação

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio do Departamento de Formação Continuada, está com as inscrições abertas, até o dia 31 de janeiro, para o curso de Redes de Computadores que está sendo oferecido pelo Centro de Formação de Professores (Cecapro). O curso é grátis e tem duração de 80 horas.
 
Podem se inscrever usuários de informática, monitores e técnicos de informática das escolas da Rede Municipal e das creches do município. No ato da inscrição, o candidato terá que apresentar contra cheque atual, documento de Identidade e comprovante de residência.
 
O objetivo é treinar e capacitar os usuários de informática para aplicar os conceitos e tecnologias de redes na prática. Após a conclusão do curso, o participante estará apto a projetar, instalar e configurar redes de computadores em diversos cenários.
 
As aulas terão início no dia 4 de fevereiro e acontecerá nas segundas e quartas-feiras, das 19h15 às 21h15.
 
Mais informações pelos telefones: 3214-7963 ou 3211-8760.

Tags:

Outras Notícias

Partido dos Trabalhadores (PT) não irá a posse de Jair Bolsonaro (PSL)
29/12/2018 20:31
Política

Partido dos Trabalhadores (PT) não irá a posse de Jair Bolsonaro (PSL)

Segundo a nota do partido, o resultado das urnas é legítimo, entretanto "isso não impede [o PT] de denunciar que a lisura do processo eleitoral de 2018 foi descaracterizada pelo golpe do...

Leia mais
Exército determina investigação de carro atingido por tiros de fuzil no Rio de Janeiro
08/04/2019 12:46
Cidades

Exército determina investigação de carro atingido por tiros de fuzil no Rio de Janeiro

De acordo com o CML, a Delegacia de Polícia Judiciária Militar está investigando o caso, com a supervisão do Ministério Público Militar.

Leia mais

Comentários