TARIFA

Tarifa de trens na Grande João Pessoa começa a custar R$ 1 a partir desta segunda-feira (8)

Valor faz parte do aumento progressivo das tarifas, liberado pela Justiça.

Tarifa de trens na Grande João Pessoa começa a custar R$ 1 a partir desta segunda-feira (8)

A partir desta segunda-feira (8) a tarifa de trem passa a custar R$ 1. O valor faz parte do aumento progressivo das tarifas, liberado pela Justiça, na Grande João Pessoa. Ao final do calendário previsto pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a tarifa de trens vai sofrer um aumento de 300%, chegando a custar, em março de 2020, R$ 2. O preço da tarifa, atualmente, é R$ 0,70. Veja abaixo o calendário para o aumento das tarifas. O aumento deveria começar neste domingo (7), mas como não há circulação de trens, o novo valor começa na segunda-feira.

A decisão do aumento progressivo aconteceu após audiência de conciliação realizada na 15ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais. A CBTU informou que há cerca de 15 anos não há alteração nas tarifas de João Pessoa, causando uma defasagem no custo de manutenção do sistema.

A Justiça Federal de Brasília autorizou o aumento da tarifa em João Pessoa, Belo Horizonte, Recife e Natal. O aumento liberado, na capital da Paraíba, era de 100% e foi determinado pela 15ª Vara de Seção Judiciária, mas vai ficar mais cara com o decorrer dos meses.

 

Calendário de aumento da tarifa de trens

  • 06/05/19: R$ 0,70
  • 07/07/19: R$ 1,00
  • 08/09/19: R$ 1,25
  • 03/11/19: R$ 1,50
  • 06/01/2020: R$ 1,75
  • 08/03/2020: R$ 2,00

 

Entenda o aumento da tarifa

Na decisão que libera o reajuste, o desembargador federal Carlos Moreira Alves justificou que a CBTU não consegue cobrir nem a metade dos custos de operação com os recursos próprios. O desembargador determinou que a CBTU apresente as justificativas para o aumento da tarifa com os dados que comprovem essa perda inflacionária.

A primeira vez que o reajuste foi definido, em 15 anos, foi em maio de 2018. O valor dobrou e passou a custar R$ 1. De acordo com a CBTU, o reajuste foi necessário para equilibrar os custos e estava baseado em índices inflacionários.

Na época, o aumento foi uma decisão do Conselho de Administração da Companhia (Conad), seguindo uma orientação do Ministério do Planejamento. Além de João Pessoa, também sofreram reajustes em maio as tarifas metroferroviárias de Belo Horizonte, Recife, Natal e Maceió, operadas pela CBTU.

Em novembro de 2018, o preço da tarifa de trens da Grande João Pessoa voltou ao valor inicial de R$ 0,50. O novo valor foi imposto após uma decisão divulgada pela Justiça Federal, pela juíza da 15ª Vara Federal Maria Edna Fagundes Veloso, de Minas Gerais, que voltou a suspender o aumento da passagem do metrô em Belo Horizonte e ampliou a medida para quatro capitais do Nordeste, entre elas João Pessoa, Maceió, Natal e Recife.

Outras Notícias

Bandidos rendem vigilante e arrombam agência bancária em JP
29/03/2019 10:31
Cidades

Bandidos rendem vigilante e arrombam agência bancária em JP

Uma agência bancária na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, foi arrombada na madrugada desta sexta-feira.

Leia mais
Sintur-JP volta a receber declaração estudantil para recargas no cartão de passagem
23/04/2019 15:12
Cidades

Sintur-JP volta a receber declaração estudantil para recargas no cartão de passagem

A Procuradoria Geral de João Pessoa afirmou através de um parecer que as empresas de transporte coletivo da capital paraibana devem aceitar a declaração.

Leia mais

Comentários