TV TRIBUNA

A Terra em 100 Anos e o Simulador Terrestre

Nosso planeta está doente. Mudanças climáticas põem em risco o futuro do planeta e também o de nossos filhos e netos. Essas mudanças no clima nos últimos 200 anos afetaram a saude da Terra. O efeito das mudanças climáticas é o aquecimento global. Investigações apontam que a atual crise climática dá à impressão de estar ocorrendo lentamente, mas a verdade é que está acontecendo muito depressa e se está convertendo em uma verdadeira emergência planetária. Segundo o Relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC), a temperatura média do planeta subirá 4 graus até o fim do século, se mantiver o crescimento dos níveis de poluição da atmosfera.

A Terra tem febre. Calor, secas, incêndios, tempestades, vulcões, inundações e correntes frias com neve atingem simultaneamente diferentes áreas de um mesmo continente. O clima mudou completamente tanto que nem dá mais para perceber as quatro estações do ano. Os cientistas atestam que a mão humana está por detrás das atuais alterações climáticas. A era industrial agravou a doença da Terra, pois a concentração de dióxido de carbono na atmosfera está aumentando cada vez mais.

Este gás é um dos principais responsáveis pela criação do efeito estufa que está provocando essas alterações climáticas na Terra. Com isso, várias catástrofes atmosféricas vêm acontecendo constantemente e vitimando terrivelmente a humanidade nos últimos tempos. Houve tsunami, inundações, furacões, terremotos, ciclones... Desmatamentos assassinos, agressões às espécies, ameaçando-as de extinção, poluição da água e do ar, tudo isso esteriliza a fecundidade da terra. A terra está doente e agoniza e nós não estamos sabendo cuidar dela!