Duas audiências públicas e duas sessões especiais movimentam as tardes da CMJP nesta semana

blank

Duas audiências públicas e duas sessões especiais movimentam o plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) nesta semana. No período entre esta segunda (10) e quinta (13), o Legislativo Municipal vai debater políticas públicas para pessoas com deficiência visual e o combate a sífilis. Ainda celebra o centenário da Igreja Assembleia de Deus Missão e homenageia os oftalmologistas Aganeide Castilho Palitot e Francisco Petrucci Palitot de Oliveira. Todos os eventos acontecem no Plenário Senador Humberto Lucena, na sede da Casa Napoleão Laureano.

Nesta segunda-feira (10), às 15h, acontece uma audiência pública em alusão ao ‘Dia Internacional da Pessoa com deficiência e ao ‘Dia Nacional do Cego’. Na ocasião, haverá a discussão sobre a formação e implementação da Comissão de Acessibilidade de João Pessoa e sobre políticas públicas voltadas aos deficientes visuais na capital paraibana. O vereador Lucas de Brito (PV) propôs a audiência.

Outra audiência pública será realizada nessa terça-feira (11), às 15h, para discutir o combate a sífilis em João Pessoa. A propositura do debate foi do vereador Milanez Neto (PTB).

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível, podendo apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). A doença pode ser transmitida por relação sexual sem preservativo, com uma pessoa infectada ou, da mãe infectada para a criança durante a gestação ou o parto. O tratamento para sífilis mais indicado pelos médicos é feito à base de penicilina, um antibiótico comprovadamente eficaz contra a bactéria causadora da doença.

Na quarta-feira (12), às 15h, está programada uma sessão especial para celebrar o centenário da Igreja Assembleia de Deus Missão na Paraíba. O vereador Dinho (PMN) propôs a celebração.

A Assembleia de Deus chegou ao Brasil em 1910, por intermédio dos missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, que aportaram em Belém (PA), vindos dos Estados Unidos. Na Paraíba, ela surgiu em 1918, no Sítio Vertente, em Alagoa Grande.

Encerrando os eventos da semana, outra sessão especial acontece na quinta-feira (13), a partir das 16h, para homenagear os oftalmologistas Aganeide Castilho Palitot e Francisco Petrucci Palitot de Oliveira com a a Medalha Cidade de João Pessoa e Título de Cidadão pessoense. O vereador Milanez Neto foi o propositor da solenidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui