OUÇA; Ex-prefeito de Alhandra Marcelo Rodrigues revela que tentou “comprar” vereadores por R$ 50 mil

O ex-prefeito de Alhandra e agora pré-candidato a prefeito Marcelo Rodrigues é o protagonista de um áudio, que circula em grupos de Whatsapp, de uma conversa em que supostamente trataria de compra de apoio de vereadores da cidade.

blank

O ex-prefeito de Alhandra e agora pré-candidato a prefeito Marcelo Rodrigues é o protagonista de um áudio, que circula em grupos de Whatsapp, de uma conversa em que supostamente trataria de compra de apoio de vereadores da cidade. Negociações reveladas neste áudio somam em torno de R$ 160 mil.

As pessoas, não identificadas, que interagem com Marcelo tem suas vozes distorcidas. Ali, o ex-prefeito destaca que teria comprado dois vereadores para que viessem a compor a sua base aliada, na época em que foi o chefe do Executivo de Alhandra.

Se dizendo “honesto”, Marcelo ainda lamenta que um outro vereador da oposição, Edielson Nunes, tinha atrapalhado a “compra” de um outro vereador. O interlocutor, na gravação vazada, incentiva que Marcelo continue comprando vereadores para sua base.

“Eu fechei os dois vereadores, um por 60 outro por 50. E o terceiro pediu 50 mil também, aí o que aconteceu, eu fui mais Edielson feito um tolo, os outros dois eu fui só e dei 30 mil conto no pé do pacote. Aí ele exigiu duas secretarias e esse dinheiro. Mas eu ia fechar”, explicou.

E continuou sua explanação sobre as negociações escusas. “O porra do Edielson destruiu. É o seguinte, os outros a gente fechou sem secretaria e Edielson queria que se desse as duas secretarias diminuísse 20 mil conto, ficou aquele embate e o caba se fechou, se fechou de um jeito… Eu disse assim, tome os 30 e dê uns dias para eu dar os 20. Ele [Edielson] quis negociar, aí o cara foi se endurecendo e não teve conversa mais não, pegou o carro e foi embora. Quando você quer fazer um negócio, quando o cara quer vender é fácil você comprar”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui