Unidades de saúde de João Pessoa proíbem uso de celular e medida causa polêmica nas redes sociais

Internautas viram a medida como uma forma de censura, já que os usuários das unidades não teriam como fotografar ou filmar irregularidades sem os aparelhos.

blank

Algumas unidades de saúde de João Pessoa decidiram proibir o uso de aparelhos celulares após recomendação emitida pelo secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio. A medida causou polêmica nas redes sociais, pois internautas questionam se não seria uma forma de impedir que irregularidades sejam filmadas ou fotografadas. O secretário, porém, sustenta que trata-se de uma questão sanitária, visando a segurança dos usuários.

”É comprovado que o celular é vetor de vários microrganismos”, disse Adalberto Fulgêncio ao ClickPB, explicando que o uso indiscriminado do aparelho em hospitais pode aumentar o risco de infecções.

”Eu não sei porque a pessoa quer entrar com celular numa enfermaria, numa sala de gesso. E a mesma coisa se aplica aos funcionários. Você não vai ficar usando o celular quando está trabalhando, não é?”, comentou.

O secretário destacou, porém, que não cabe a ele a proibição. Ele esclareceu que o ofício que emitiu para os hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) era apenas uma recomendação e cabe às Comissões de Controle de Infecção Hospitalar de cada unidade decidir se o uso dos aparelhos será proibido ou não.

blank

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui