ALPB faz visita técnica a obras do Eixo Norte da transposição do São Francisco

Frente Parlamentar das Águas esteve ainda nos reservatórios de Caiçara e Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras, no Sertão paraibano

blank

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), através da Frente Parlamentar das Águas, realizou, nesta sexta-feira (4), visita técnica ao Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. O deputado Jeová Campos, que preside a Frente, esteve no reservatório do município de Jati, no Ceará, para verificar as obras de recuperação da tubulação que rompeu em agosto deste ano, após a abertura de uma comporta.

Jeová destacou que tem acompanhado de perto as obras do Eixo Norte e ressaltou estar muito feliz com o andamento dos trabalhos. O parlamentar disse ainda que é importante a chegada das águas à Paraíba, que, segundo ele, vai salvar a vida de milhares de famílias no Sertão Paraibano. “Emocionante. Vim aqui em 2013 ver o início da fundação dessa barragem. É bom chegar aqui e ver as águas do São Francisco, pois dá a certeza de que não teremos muita dificuldade para chegar à Paraíba. No eixo Norte, que é o mais sofrido economicamente e socialmente, local onde já passamos muita sede no passado”, disse.

Jeová ainda parabenizou a iniciativa dos governantes e o trabalho de fiscalização que tem sido feito pela Assembleia Legislativa. “Temos a sensação que a falta de água não mais acontecerá. Viva os governos que assumiram esse compromisso destacando a importância do ex-presidente Lula que teve a iniciativa. Aqui está um caminho novo para a população das áreas mais secas. Agradeço ainda ao presidente da Casa, Adriano Galdino, que sempre teve essa preocupação de fiscalizar essas obras”, comentou.

O deputado estadual do Rio Grande do Norte, Francisco do PT, que preside a Frente Parlamentar da Águas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, acompanhou Jeová Campos na visita. Ele revelou estar emocionado e muito feliz com a transposição que em breve levará água as regiões mais secas da Paraíba e do RN.

“Essa obra do São Francisco tem sido sonhada há mais de um século pelo povo nordestino. Estar hoje aqui, na companhia do deputado Jeová Campos, avistando as águas do Rio São Francisco já represadas aqui em Jati e as obras tendo a sua continuidade é motivo de muita alegria, principalmente, por ver que toda a luta do povo sertanejo está valendo a pena”, comemorou o deputado.

Francisco do PT acrescentou que ter as águas do Velho Chico entrando em terras potiguares e abastecendo reservatórios importantes é a garantia da sustentabilidade hídrica para o Rio Grande do Norte.

O engenheiro da empresa responsável pela obra, Alcenor Paiva, explicou que as águas bombeadas de Jati vão percorrer cerca de 70 km até chegar ao município de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, pelos reservatórios de Caiçara e Engenheiro Ávidos. Com o rompimento da galeria, a previsão é que a água volte a percorrer o caminho da transposição e até junho a água chegará à Paraíba por gravidade. “São alternativas que temos para continuar a transposição das águas e que já estão sendo tratadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. Acreditamos que não haverá prejuízos, pois há um plano para que tenha a continuidade”, garantiu Paiva.

A Frente Parlamentar das Águas esteve ainda nos reservatórios de Caiçara e Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras, no Sertão paraibano. A obra vai beneficiar mais de 200 mil sertanejos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui