Polícia prende sétimo suspeito de envolvimento no ataque ao Banco do Brasil em Coremas; mais R$ 14 mil são recuperados

O suspeito estava ferido com tiros nas pernas e revelou que foi do confronto que aconteceu no último sábado.

blank

A Polícia Militar prendeu na noite desse domingo (20), mais um envolvido no ataque ao Banco do Brasil da cidade de Coremas, na Paraíba. O acusado, de 32 anos, foi preso pelos policiais da 6ª Companhia do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), durante a continuidade das buscas na zona de Catingueira, onde no último sábado (19), seis suspeitos entraram em confronto com policiais militares.

O acusado é o 7º integrante do bando que é localizado. Com o preso, a PM recuperou mais R$ 14,5 mil e apreendeu 53 munições de espingarda calibre 12. O suspeito estava ferido com tiros nas pernas e revelou que foi do confronto que aconteceu no último sábado. O acusado foi socorrido para o Hospital Regional de Patos, onde permanece sob custódia policial.

O criminoso faz parte da quadrilha que vinha agindo em vários estados do Nordeste, com integrantes da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Ele é paraibano e participou da explosão ao banco do Brasil de Coremas, que aconteceu na madrugada da última quarta-feira (16)

O material apreendido com ele foi entregue na delegacia de Polícia Civil, em Patos.

Até agora, já foram recuperados R$ 42.935 mil do ataque ao banco e apreendido um arsenal composto por quatro fuzis e duas espingardas, além de coletes balísticos e munições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui