Paraíba tem 1.523 pontos de vacinação abertos durante ‘Dia D’ neste sábado

A campanha teve início no dia 5 e vai até o dia 30 de outubro, com o objetivo de reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país.

blank

O Dia D da Multivacinação e da Vacinação contra a Poliomielite acontece neste sábado (17). A campanha teve início no dia 5 e vai até o dia 30 de outubro, com o objetivo de reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país e atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos.

A Paraíba tem  1.523 pontos de vacinação abertos neste sábado (17), das 8h às 17h, para facilitar o acesso e aumentar a cobertura vacinal do Estado.

Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, a estratégia do Dia D será diferente, sem a tradicional mobilização que ocorre anualmente.

De acordo com a chefe do Núcleo de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Isiane Queiroga, muitos pais trabalham durante a semana e acabam não levando os filhos para vacinar.

Até o momento, 22.770 doses da vacina contra a Poliomielite foram aplicadas, o que equivale a 9,71%. O município com maior cobertura é Santo André, com 91,11%. Isiane Queiroga explica que a baixa cobertura pode estar relacionada à falta de atualização no sistema pelos municípios. “Tem muito município silencioso, que já começou a vacinar e ainda não alimentou o sistema de notificação. Essa atualização precisa ser diária. É importante reforçar também que os municípios façam uma busca ativa dos não vacinados e elaborem uma estratégia para que essas pessoas levem as crianças, organizando essa ida em turnos de atendimento pelos agentes comunitários para evitar aglomerações”, pontua.

A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite é de vacinar 95% do grupo alvo de forma indiscriminada. Já para a Multivacinação, a meta é atualizar o esquema vacinal das crianças e adolescentes menores de 15 anos, de acordo com as recomendações.

O grupo alvo da vacinação contra a poliomielite são as crianças menores de 5 anos de idade, com estratégias diferenciadas para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Já da multivanicação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos. Para esta última, são ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis e reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui