Modelo encontrada morta foi estrangulada pelo ex-namorado, revela delegado

Keneddy Ramon Alves Linhares, de 32 anos, ex-namorado da modelo, informou em depoimento que ele e a vítima começaram a discutir no local, pois ele não aceitava o fim do relacionamento

blank

A modelo Lorrayne Damares da Silva, 19 anos, foi morta por estrangulamento em uma casa de praia em Lucena, na Paraíba. A informação foi dada pelo delegado Raphael Dunice, da Polícia Civil da Bahia.

Segundo o delegado, Keneddy Ramon Alves Linhares, de 32 anos, ex-namorado da modelo, informou em depoimento que ele e a vítima começaram a discutir no local, pois ele não aceitava o fim do relacionamento. Keneddy disse ao delegado que a modelo partiu para cima dele com tapas, e então ele teria pressionado o pescoço dela até ela perder os sentidos.

O homem então colocou o corpo da modelo em um carro e abandonou o corpo da mulher  em um matagal que fica debaixo da ponte da rodovia federal BR-230, no Distrito de Café do Vento, na Paraíba.

O delegado ainda informou que o homem abandonou o veículo em Campina Grande e seu destino final seria Santa Catarina, onde começaria a trabalhar.

Kennedy foi preso no município de Eunápolis, no Estado da Bahia, desde a noite do sábado. Ele tentava fugir quando policiais rodoviários federais interceptarem um veículo de aplicativo onde estava o suspeito.

A Polícia Civil da Paraíba segue investigando o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui