‘Não estamos preocupados com quem acha bom ou ruim’ diz Léo Bezerra sobre crítica de pastores ao decreto da Covid-19

O vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra, afirmou na tarde desta sexta-feira (5) que o governador do Estado, João Azevêdo e o prefeito  de João Pessoa Cícero Lucena, não estão nem um pouco preocupados com está achando bom ou ruim o decreto

blank

O vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra, afirmou na tarde desta sexta-feira (5) que o governador do Estado, João Azevêdo e o prefeito  de João Pessoa Cícero Lucena, não estão nem um pouco preocupados com está achando bom ou ruim o decreto com medidas mais rígidas contra a Covid-19, “ pois o que nós queremos é salvar vidas”, disse o vice-prefeito durante entrevista.

A afirmação de Léo Bezerra foi em resposta às críticas feitas por alguns pastores que defendem as igrejas evangélicas como serviços essenciais. “A Câmara aprovou esses templos como serviços essenciais, mas quem vai decidir sobre isso e dar a decisão final,  é o governador João Azevêdo e o prefeito Cícero Lucena”, explicou Léo Bezerra.

Ainda durante a entrevista, ele deixou claro que em nenhum momento o decreto determina o fechamento das igrejas. De acordo o vice-prefeito, o que está proibido é a realização de cultos para evitar aglomerações.  “Para rezar ou orar, necessariamente, a pessoa não precisa ir à Igreja, pode fazer isso de casa mesmo, até porque Deus é onipresente”, finalizou o vice-prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui