UFCG terá um dos equipamentos de radioastronomia mais avançados do mundo

Radiotelescópio Uirapuru permitirá a observação de pulsares, estrelas de nêutrons muito rápidas, resquícios de supernovas

blank

O Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) conta com um novo laboratório, o Uirapuru, um dos equipamentos de radioastronomia mais avançados do mundo.

O Uirapuru é um dos radiotelescópios auxiliares do Radiotelescópio Bingo, que será construído no município de Aguiar, no Sertão da Paraíba. O ‘Bingo’ é um projeto internacional que conta com a participação de cientistas da UFCG, USP, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e de organismos internacionais do Reino Unido, Suíça, Uruguai, França e China.

“Vamos apontar a corneta para o céu para medir a radiofrequência do universo no comprimento de onda de rádio. Isso é: muitas coisas no universo “brilham” em ondas de rádio e com este equipamento poderemos observar pulsares, que são estrelas de nêutrons muito rápidas, resquícios de supernovas, mais ou menos como se fosse o fóssil de uma estrela”, explicou o professor Luciano Barosi, da UFCG, coordenador do projeto do Radiotelescópio Bingo.

“Existe um fenômeno novo, que ninguém sabe o que é: as Rajadas Rápidas de Rádio. Elas são muito fortes e vêm de fora de nossa galáxia, ou seja, quanto mais objetos desses conhecermos, melhor a chance de descobrir o que eles são. E quando combinado com os outros, vamos poder determinar a posição precisa da rajada rápida de rádio, porque teremos quatro radiotelescópios detectando o mesmo sinal. Esse é o grande objetivo do Uirapuru”, completou.

A novidade ultrapassa os limites do estado da Paraíba. Pode-se dizer que é uma conquista de nível internacional. “Ninguém faz isso no mundo, e nós teremos a melhor máquina de localização de Rajadas Rápidas de Rádio (FRBs – Fast Radio Bursts, na sigla em inglês). Hoje, no planeta, existe apenas uma máquina, o Chime, no Canadá, que é o melhor detector de FRBs. Mesmo assim, eles não conseguem a posição com precisão”, enalteceu o professor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui