João diz que governadores do Nordeste irão recorrer caso teto do ICMS seja sancionado

De acordo com o governador, só na Paraíba a medida trará um prejuízo de R$ 1,4 bilhão no custeio das áreas da saúde e educação.

blank

O governador João Azevêdo (PSB) confirmou que os governadores do Nordeste devem recorrer à Justiça contra a proposta do presidente Bolsonaro (PL), aprovada pelo Congresso, que cria um teto de 17% para a cobrança de ICMS nos combustíveis e outros serviços essenciais.

De acordo com o governador, só na Paraíba a medida trará um prejuízo de R$ 1,4 bilhão no custeio das áreas da saúde e educação, além de não trazer um impacto significativo do valor dos combustíveis repassado para os consumidores.

“Há uma compreensão, pelo menos por parte dos governadores do Nordeste, que não teremos muitas alternativas, a não ser judicializar. Mas a medida só será adotada após a sanção. No caso da Paraíba, perderemos R$ 1,4 bilhão”, disse João.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui