Suposto esquema de lavagem de dinheiro: MP cumpre mandados nas casas de Deolane, Tirulipa e Matheus Yurley

blank

A advogada e influencer, Deolane Bezerra, o humorista Tirulipa e o Youtuber Matheus Yurley foram alvos de mandados de busca e apreensão nessa quarta-feira a pedido do Ministério Público de São Paulo. De acordo com a coluna Leo Dias, os dois são alvo de investigações sobre um suposto esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a Betzord, empresa de apostas esportivas por suposto crime contra a economia popular, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Na casa de Deolane, que faz publicidade para a Betzord, foram apreendidos um Porsche e uma Land Rover Evoque 2021/2022, cadernos e agendas com anotações, quatro notebooks, registros de contabilidade, dois relógios Rolex e dois da grife Bvulgari (segundo a investigada, os itens seriam cópias) e um celular iPhone 13 Pro Max.

Já na casa de Tirulipa, em Alphaville, São Paulo, foram apreendidas quatro folhas de cheque preenchidas no valor de R$ 30 mil, R$ 27.601 em notas de dinheiro, quatro agendas com anotações, duas folhas com vários nomes de pessoas distintas, uma folha manuscrita e informações a serem incluídas em seu Imposto de Renda, bem como anotações de despesas com aluguel e condomínio, um aparelho celular, declaração de faturamento, contrato de locação residencial e um contrato de gerenciamento de marca.

Segundo as investigações, a lavagem de dinheiro se daria na compra e venda de veículos de uma loja chamada Mille, localizada em Tatuapé, Zona Leste da capital paulista.

Um dos fundadores da Betzord, Lucas Tylty, divulgou um comunicado no Instagram no qual afirma que a investigação tem como objetivo o comércio de rifas nas redes sociais e que “provará a legalidade dos seus atos”.

A Betzord é o nome fantasia da Primontent (empresa do mesmo segmento) e também consta Matheus Gomes e Rafael Gomes como criadores, segundo a coluna Leo Dias. Além de Deolane, Tirulipa e Matheus Yurley, outros famosos devem ser investigados.

A empresa

A Betzord se apresenta como uma iniciativa de “investimentos esportivos”, mas opera no segmento de jogos e apostas online, ela “caça” investidores por meio de publicidade na internet com uma modalidade de curso técnico para apostas esportivas. Para atrair público, ela ainda oferece 7 dias grátis para que as pessoas se sintam seguras em comprar o produto com cartão de crédito. Quem assina também ganha um robô pronto para estimular essas apostas 24 horas por dia. Os famosos estão sendo investigados por terem feito propaganda para o site e, no caso da advogada, ter recebido patrocínio para a realização de uma festa que ocorreu em meados de 2021.

Nota de Deolane

Deolane Bezerra se manifestou em nota. Segundo seu equipe jurídica, a doutora é elencada apenas como averiguada.

De acordo com a nota, isso se dá em decorrência de um suposto patrocínio da empresa investigada, Betzord, em relação a uma festa que ocorreu em meados de 2021, não fazendo qualquer ligação de fato criminoso à influenciadora.

“A ordem judicial se deu para coletar provas para um inquérito que busca investigar diversos influenciadores que fizeram publicidades para a empresa Betzord”, explica Deolane em nota.

Ao UOL, Daiane Bezerra, irmã de Deolane afirmou que: “A Deolane, assim como diversos influenciadores, já divulgou essa empresa. Basta entrar no Instagram dos donos que terá fotos com vários artistas. Mas só sobra para a Deolane”, justificou. Nas redes sociais, a influenciadora se pronunciou brevemente sobre o assunto. “Ter opinião política, ser verdadeira e trabalhar honestamente, muitas vezes, gera isso. Mas vamos para mais um processo. ‘Deolane, o que você ganhou depois da fama?’, processo. Um bocado. Mas vamos pra cima, né. Sou brasileira e não desisto nunca. Bora pra luta”, disse.

Leia na íntegra:

A assessoria jurídica da advogada e influenciadora DEOLANE BEZERRA comunica que, no dia de hoje a influenciadora recebeu em sua residência a equipe de investigação do 27º DP, ao qual cumpriram a ordem judicial de busca e apreensão a fim de coletar provas para o inquérito policial que busca investigar diversos influenciadores que fizeram publicidades para a empresa Betzord, a qual atua no seguimento de jogos e apostas esportivas on-line. Na determinação judicial, a Deolane Bezerra é elencada APENAS como averiguada, em decorrência de um suposto patrocínio da empresa investigada, em relação a uma festa que ocorreu em meados de 2021, não fazendo qualquer ligação de fato criminoso à influenciadora. Cumpre esclarecer que, todos os contratantes da Deolane Bezerra passam por um rigoroso processo de avaliação de idoneidade da empresa/pessoa, bem como, sobre o crivo da legalidade do produto/serviço a ser divulgado pela influenciadora. Desta forma, seguimos tranquilos colaborando com as investigações e confiantes na lisura do processo judicial. Cumpre salientar que, repudiamos e tomaremos as providencias cabíveis contra qualquer tentativa de sensacionalismo que tentem vincular a imagem da Deolane Bezerra a condutas delituosas. Em observância a limitação do segredo de justiça para o apuratório, é o que temos no momento para explicitar.

Nota de Tirulipa

blank

Com informações da Coluna Leo Dias e UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui