Suspeitos de tráfico são presos com “tacape da disciplina” para torturar “caloteiros” em Campina

As prisões aconteceram no bairro Velame, em Campina Grande.

blank

Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande – DRE/CG, realizou operação na manhã desta terça-feira, 7, e prendeu suspeitos de integrarem uma organização criminosa responsável por torturar pessoas em cobranças de dívidas do tráfico de drogas. As prisões aconteceram no bairro Velame, em Campina Grande.

Segundo o delegado Ramirez São Pedro, as investigações apontaram uma residência que seria usada para as práticas de tortura e no local foi preso um homem de 21 anos, já condenado por tráfico de drogas, receptação e corrupção de menores, além de ser apreendido um adolescente de 17 anos.

“Com os suspeitos foram apreendidas drogas ilícitas, maconha e crack, além de balança de precisão e dinheiro oriundo da venda das drogas, bem como um objeto, um porrete com pregos, usado para as práticas de tortura”, destacou o delegado.

As ordens judiciais foram obtidas no curso de investigações da DRE e se originaram de denúncias ao Disque 197.

Qualquer pessoa pode fazer uma denúncia à Polícia Civil, através do disque-denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e será preservada a identidade do denunciante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui