Veneziano tira licença e Ney Suassuna assume mandato de senador até janeiro

Parlamentar paraibano explicou que preferiu se afastar temporariamente para poder participar mais ativamente da campanha eleitoral deste ano.

blank

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) protocolou, nesta quarta-feira (23), pedido de licença do Senado Federal por quatro meses, sem remuneração. Com isso, o suplente, Ney Suassuna (PRB), assumirá a titularidade do mandato até janeiro de 2021.

Veneziano explicou que preferiu se afastar temporariamente do Senado Federal para ter mais tempo para se dedicar às eleições municipais. Em Campina Grande, a esposa do parlamentar, Ana Cláudia (Podemos) é candidata a prefeita.

“Muitos companheiros de vários municípios disputam a eleição e achei melhor tirar uma licença para poder participar mais ativamente. Do contrário, não faria nem uma nem outra coisa bem”, justificou o senador.

A respeito da convocação de Ney Suassuna, Veneziano comentou que tem sido uma prática de seus mandatos ceder a vaga a suplentes ou “companheiros de partido”.

“Desde vereador, ajo assim. Acho que é justo dar vez também aos companheiros. Quando deputado federal, fiz isso com André Amaral e, como prefeito (de Campina Grande) também, com Zé Luiz”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui