Europeus perdem confiança na vacina da AstraZeneca

Estudo realizado pela YouGov revela que confinaça na vacina baixou, sobretudo em países como França, Espanha, Itália e Alemanha

blank

A confiança dos europeus na vacina da AstraZeneca caiu nas últimas semanas.

De acordo com o estudo efetuado pelo YouGov e tornado público nesta segunda-feira, na França, Alemanha, Espanha e Itália a maioria dos países pesquisados considerou a vacina mais perigosa do que segura.

O estudo foi efetuado entre 12 e 18 de março no contexto da preocupação com os efeitos secundários da vacina.

Na França, a perda de confiança nesta vacina aumentou consideravelmente, com 65% das pessoas a dizerem que não a  achavam segura, enquanto apenas 23% mostraram uma opinião contrária.

Na Itália e Espanha, a maioria dos inquiridos considerou, em fevereiro, que a vacina era segura (54% e 59%, respectivamente). Já neste novo estudo, essa porcentagem baixou para 36% e 38%.

Já no Reino Unido, por outro lado, mais de três quartos dos entrevistados confiam na vacina do grupo britânico-sueco, embora a porcentagem tenha caído ligeiramente, para 77% (-4 pp).

A desconfiança em relação à vacina aconteceu após o registro de doentes que sofreram coágulos no sangue após terem sido imunizados com a mesma. A reação apareceu num pequeno número de europeus, tendo levado vários países a suspender a sua administração. Contudo, na passada semana, a Agência Europeia do Medicamento garantiu que a vacina era “segura e eficaz”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui