Gestores da Educação se reúnem com governador do estado e defendem vacinação

O governador do Estado João Azevêdo se reuniu, nesta terça-feira (6) por meio de videoconferência com os reitores do Instituto Federal da Paraíba, Nicácio Lopes; Universidade Federal da Paraíba, Valdiney Gouveia; Universidade Estadual da Paraíba, Célia Diniz e da Universidade Federal de Campina Grande, Antônio Fernandes Filho, além de representantes de universidades privadas, entidades sindicais e representação de pais de alunos.

blank

O governador do Estado João Azevêdo se reuniu, nesta terça-feira (6) por meio de videoconferência com os reitores do Instituto Federal da Paraíba, Nicácio Lopes; Universidade Federal da Paraíba, Valdiney Gouveia; Universidade Estadual da Paraíba, Célia Diniz e da Universidade Federal de Campina Grande, Antônio Fernandes Filho, além de representantes de universidades privadas, entidades sindicais e representação de pais de alunos. O objetivo foi discutir o retorno seguro das aulas presenciais, o cumprimento dos protocolos para evitar a contaminação da Covid-19 e a vacinação dos profissionais da Educação.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual destacou a contribuição de cada representante para embasar as análises acerca das modalidades de ensino no estado. “Essa foi uma oportunidade de conhecer o posicionamento de cada um. Nós enfrentamos um momento muito difícil, infelizmente, todos temos perdas e precisamos da união de forças nessa luta pela vida”, enfatizou o governador.

O gestor também ressaltou a luta dos governadores junto ao Ministério da Saúde para priorizar a vacinação dos profissionais de Educação dentro do Plano Nacional de Educação (PNI). “Nós sabemos que a vacina é a única forma de proteção e não vamos desistir dessa luta, assim como fizemos com as forças de Segurança. O que queremos é proteger os educadores e os alunos e alunas”, acrescentou.

O reitor Nicácio Lopes considerou a reunião importante pelo momento de diálogo e disse que o governador João Azevedo quis ouvir a opinião de todos os segmentos educacionais no tocante a uma eventual volta das aulas presenciais. “O governo do estado vai tomar como parâmetro para os seus decretos, nesse momento de enfrentamento da pandemia, as opiniões tiradas na reunião que em sua maioria foram em defesa da vida, e principalmente pela vacinação de todos os profissionais da Educação” concluiu.

Também participaram da reunião os secretários de Estado Daniel Beltrammi (executivo da Gestão Hospitalar), Cláudio Furtado (Educação), Fábio Andrade (procurador-geral do Estado) e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui