Mulher suspeita de golpe contra ministra do STJ é presa na Paraíba

A mulher presa responde a 51 processos por estelionato

blank

Uma mulher suspeita de aplicar golpes em vários estados do Brasil foi presa, nesta terça-feira (21), em Campina Grande. Entre as vítimas dos golpes está uma ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e uma desembargadora do estado da Bahia.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, a mulher presa possui sete CPFs e responde a 51 processos por estelionato. Ela tem 55 anos é natural de Joinville, em Santa Catarina, e já foi presa outras duas vezes pelo mesmo crime.sobre

Em entrevista coletiva, o delegado Demétrius Patrício afirmou que a mulher é suspeita de praticar estelionato desde os 18 anos. Segundo ele, a mulher tem um patrimônio avaliado em R$ 10 milhões na sua cidade natal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui