Motorista da Uber é condenado à prisão perpétua após matar 6 pessoas

O motorista do Uber Jason Dalton, de 48 anos, acusado de matar seis pessoas aleatoriamente em um tiroteio no estado americano de Michigan, em 2016, confessou os crimes. Inicialmente, o condutor culpou o aplicativo por controlar sua "mente e corpo". Mas ele mudou seu argumento pouco antes de seu julgamento começar. Nenhum acordo foi oferecido a Dalton para a confissão de culpa, disseram os promotores. 

Motorista da Uber é condenado à prisão perpétua após matar 6 pessoas
Reprodução

O motorista do Uber Jason Dalton, de 48 anos, acusado de matar seis pessoas aleatoriamente em um tiroteio no estado americano de Michigan, em 2016, confessou os crimes. Inicialmente, o condutor culpou o aplicativo por controlar sua "mente e corpo". Mas ele mudou seu argumento pouco antes de seu julgamento começar. Nenhum acordo foi oferecido a Dalton para a confissão de culpa, disseram os promotores. 

De acordo com a BBC News, Suas acusações consistem em seis assassinatos, duas tentativas de homicídio e oito relacionadas a crimes de armas de fogo. Ele agora enfrenta uma sentença de prisão perpétua obrigatória sem liberdade condicional.

O acusado, que apresentou seu pedido enquanto a seleção do júri estava ocorrendo, confessou os crimes, apesar das objeções de seu advogado. Ele disse ao juiz do tribunal do condado de Kalamazoo que tomou a decisão por sua própria vontade, acrescentando que "queria isso por um bom tempo".

Fantoche da Uber

Dalton teria dito anteriormente à polícia que ele foi feito de "fantoche" pelo aplicativo Uber, que o levou a atirar em pessoas aleatoriamente durante um período de cinco horas em fevereiro de 2016.

Apesar de nenhuma das vítimas serem clientes do app, a polícia disse que Dalton continuou buscando passageiros durante o tiroteio em Kalamazoo, uma pequena cidade a cerca de 241 km a oeste de Detroit. Notícias ao Minuto

 

Tags:

Outras Notícias

Pastora cai morta no altar da igreja enquanto contava testemunho
10/01/2019 17:30
Entretenimento

Pastora cai morta no altar da igreja enquanto contava testemunho

O último domingo (06), foi o primeiro e o último culto do ano da pastora Jacira Cabral, 52 anos, que morreu no púlpito da igreja enquanto contava  um testemunho sobre a virada do ano.

Leia mais
Semob-JP executa novo plano de circulação com binários nas transversais do Bessa
16/01/2019 13:45
Cidades

Semob-JP executa novo plano de circulação com binários nas transversais do Bessa

A circulação na orla da Bessa vai passar por alterações a partir desta quinta-feira (17). A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa vai implantar binários em quatro ruas transversais à...

Leia mais

Comentários