Caso Bruno Ernesto

Promotor pede arquivamento de ação contra Ricardo

O promotor de Justiça Marcus Antonius da Silva Leite pediu o arquivamento da ação contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) que havia sido objeto de suspeição por parte dos pais do servidor público Bruno Ernesto de Morais.

Promotor pede arquivamento de ação contra Ricardo
Foto: Reprodução

O promotor de Justiça Marcus Antonius da Silva Leite pediu o arquivamento da ação contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) que havia sido objeto de suspeição por parte dos pais do servidor público Bruno Ernesto de Morais, em relação ao assassinato do rapaz, ocorrido em 2012. Em seu parecer, o representante do Ministério Público afirmou não haver indícios de participação de Ricardo no crime. “As provas não foram suficientes para a propositura de ação penal em desfavor do investigado”.

A suspeita surgiu por causa de denúncia da ex-primeira dama do Estado, Pâmela Bório, levada ao conhecimento dos pais de Bruno Ernesto, Ricardo e Inez e também publicadas nas redes sociais. Segundo Pâmela, teria havido “queima de arquivo” por causa do processo referente ao Jampa Digital.

No último dia 5 de maio, na Assembleia Legislativa, a advogada Laura Berquó usou a tribuna da Casa durante uma sessão especial para discutir o “Maio Amarelo” e voltou a falar sobre o assunto, citando Ricardo e ex-auxiliares como tendo ligações com o fato. Além disso, ela acusou de suspeição o promotor Marcus Antonius e a juíza responsável pelo caso.

Outras Notícias

Após ser roubada, mulher obriga ladrão a manter relação sexual com ela
14/01/2019 09:00
Cidades

Após ser roubada, mulher obriga ladrão a manter relação sexual com ela

Uma mulher identificada como Mônica Santos, de 28 anos, está sendo acusada pela justiça de tortura e carcere privado, após prender e obrigar um ladrão que invadiu seu estabelecimento comercial a...

Leia mais
Após aderir ao G10 na ALPB, Pollyana reclama de exclusão e diz que sofre perseguição dentro do PSB
21/05/2019 16:42
Política

Após aderir ao G10 na ALPB, Pollyana reclama de exclusão e diz que sofre perseguição dentro do PSB

Após ‘peitar’ o blocão na Assembleia Legislativa da Paraíba e passar a integrar o G10, bloco tido como paragovernista, formado por dez parlamentares da base de situação, a deputada estadual...

Leia mais

Comentários